Clube de Línguas

REGIMENTO DO CLUBE DE LÍNGUAS

 Artigo 1.º
Objeto e âmbito de aplicação

  1. O presente Regimento tem por objeto definir as normas de funcionamento do Clube de Línguas.
  2. Constitui objeto do Clube o desenvolvimento de competências nas línguas e nas culturas de expressão inglesa, francesa e língua materna.
  3. O Regimento aplica-se a todos os docentes em exercício de funções no Clube de Línguas, a todos os professores de língua estrangeira e português e a todos os alunos que frequentam o espaço.

 

Artigo 2.º
Definição

  1. O Clube de Línguas destina-se aos alunos da Escola Básica Quinta Nova da Telha.
  2. O Clube de Línguas assume-se um espaço lúdico-cultural.
  3. O Clube de Línguas promove uma ligação íntima com o Departamento de Línguas e uma articulação com outros ciclos, Departamentos/Grupos Disciplinares, Clubes/Projetos, PES e BE/CRE.

 

Artigo 3.º
Composição

  1. O Clube de Línguas é constituído por um Coordenador e por professores dos grupos disciplinares de Inglês (2.º e 3.º ciclo), de Francês (3.º ciclo), de Português (2.º e 3.º ciclo):
  2. º ciclo: 220; 200
  3. º ciclo 300, 320 e 330
  4. A equipa que dinamiza o espaço varia em função da componente não letiva atribuída.
  5. A participação de outros docentes de línguas estrangeiras e de língua materna ocorre de forma voluntária de acordo com a dinamização de atividades e do blogue.
  6. O Clube de Línguas é constituído pelos alunos que pretenderem participar nas atividades organizadas e desenvolvidas pelo mesmo.

 

Artigo 4.º
Objetivos 

  1. Criar um espaço destinado ao enriquecimento linguístico na área das línguas estrangeiras e língua materna: Francês, Inglês e Português para todos aqueles que desejam voluntariamente participar.
  2. Concretizar um espaço que diversifique e enriqueça a oferta pedagógica existente na escola.
  3. Assegurar a realização de atividades de forma articulada com outras estruturas de orientação educativa da escola (Ciclos, Departamentos/Grupos Disciplinares, Clubes/projetos, PES, SPO, UEE, BE/CRE) e professores.
  4. Promover o gosto pelas línguas francesa, inglesa e portuguesa como instrumento de comunicação.
  5. Incentivar a criatividade no uso das línguas.
  6. Facilitar a aproximação entre línguas e culturas diferentes.
  7. Sensibilizar os alunos para aspetos civilizacionais e culturais.
  8. Contribuir para a aquisição de regras de convivência em grupo.
  9. Fomentar um melhor relacionamento interpessoal.
  10. Criar hábitos de pesquisa.
  11. Colocar os alunos em contacto com as tecnologias da informação.
  12. Promover o gosto por atividades culturais relacionadas com as línguas estrangeiras e a língua materna.

  

Artigo 5.º
Funcionamento 

  1. O Clube funciona em sala própria destinada para o efeito.
  2. O Clube funciona de acordo com horário estabelecido no início de cada ano letivo.
  3. O Clube funciona em estreita articulação com as atividades dinamizadas nas disciplinas de Inglês, Francês e Português.
  4. Têm acesso ao Clube, à utilização das instalações, dos equipamentos, dos materiais didáticos e a participação em atividades específicas organizadas pelo Clube, todos os alunos e professores de Língua Estrangeira (Inglês e Francês) e Português, em particular.
  5. Os professores colaboradores têm a responsabilidade do funcionamento do Clube (registo de frequências; criação e seleção de materiais, etc.).
  6. A frequência do Clube é voluntária e gratuita, salvaguardando-se qualquer eventual colaboração monetária para a concretização de qualquer atividade.
  7. A frequência do Clube é definida pela contagem das presenças dos alunos no próprio espaço, e ainda, pela participação em atividades articuladas com as disciplinas de línguas estrangeiras e de língua materna.
  8. A frequência do Clube pode ainda contabilizar a participação de alunos em plataformas digitais (Seesaw; eTwinning; etc.)
  9. Como espaço específico das disciplinas, só se poderão realizar nele reuniões do Departamento de Línguas ou de grupo disciplinares do Departamento referido, em horário que não prejudique o seu normal funcionamento.
  10. Qualquer outra atividade (letiva ou não) que se realize no Clube, deverá ser, antecipadamente, do conhecimento do Coordenador do Clube.
  11. A equipa do Clube reúne ordinariamente no início do ano letivo e no fim do mesmo para realização do relatório final. Reunirá extraordinariamente sempre que tal se mostre necessário.
  12. Anualmente, é atualizado o inventário do material.
  13. Quaisquer atitudes dos alunos frequentadores consideradas graves que não se enquadrem no normal funcionamento do Clube são passíveis de exclusão do mesmo. Esta decisão será divulgada após reunião com todos os elementos da gestão do espaço.

 

Artigo 6.º
Competências do Coordenador

  1. O Clube de Línguas é coordenado por um professor de língua estrangeira e/ou português, designados anualmente pelo Órgão de Direção.
  2. Em caso de impossibilidade de cumprimento de funções, deverá o Órgão de Direção nomear outro Coordenador, a nível temporário ou definitivo.
  3. Compete ao Coordenador:
  4. Convocar reuniões;
  5. Elaborar o regimento;
  6. Divulgar o horário e os objetivos do Clube;
  7. Divulgar as atividades a inserir no PA;
  8. Coordenar as atividades;
  9. Monitorizar as atividades;
  10. Informar o Diretor de Turma acerca da participação dos alunos;
  11. Avaliar a realização das atividades;
  12. Trimestralmente e no final de cada ano letivo, elaborar um relatório;
  13. Propor a aquisição de materiais e bens de equipamento
  14. No final de cada ano letivo, supervisionar o inventário do Clube.

 

Artigo 7.º
Competência da equipa do Clube

Compete aos elementos do Clube:

  1. Manter o material e o espaço do Clube organizados;
  2. Não danificar materiais e o espaço;
  3. Assegurar o preenchimento da ficha de registo diário pelos alunos frequentadores do Clube;
  4. Definir a prioridade de participação dos alunos frequentadores nas atividades desenvolvidas pelo Clube;
  5. Assegurar o normal funcionamento do Clube;
  6. Propor atividades;
  7. Realizar as atividades a que se propõem;
  8. Participar nas atividades;
  9. Contribuir para a diversificação e atualização do material didático e patrimonial do Clube;
  10. Pesquisar, criar, selecionar e organizar materiais.

 

Artigo 8.º
Deveres dos alunos

  1. Respeitar o horário de funcionamento estabelecido.
  2. Registar a sua presença.
  3. Entrar e sair do Clube ordeiramente.
  4. Esperar calmamente a sua vez de ser atendido.
  5. Falar num tom de voz que não incomode os colegas.
  6. Empenhar-se nas tarefas propostas.
  7. Colaborar na dinamização e divulgação das atividades agendadas.
  8. Não danificar as instalações, os equipamentos e material didático material existente no Clube, sob pena de ter de o pagar.
  9. Deixar a sala arrumada e, nas estantes, os livros/materiais que tenham sido retirados.
  10. Respeitar todos os presentes.
  11. Propor novos frequentadores.

 

Artigo 9.º
Direito dos alunos 

  1. Utilizar todo o equipamento e material didático existentes no Clube.
  2. Ser informado das normas de funcionamento do Clube.
  3. Receber informação correta e detalhada sobre todas as atividades programadas.
  4. Propor uma atividade.
  5. Ter prioridade na participação de atividades desenvolvidas pelo Clube.

 

Artigo 10.º
Atividades a desenvolver 

  1. Atualização do regimento do Clube.
  2. Divulgação do horário de funcionamento do espaço.
  3. Divulgação dos objetivos e das atividades a desenvolver.
  4. Atualização das fichas de registo de frequência.
  5. Realização de Concursos/ Competições /Desafios / Exposições/ Ciclos de cinema francês e inglês.
  6. Elaboração de trabalhos alusivos a datas festivas e decoração de espaços escolares.
  7. Trabalho colaborativo interciclos/anos/disciplinas e em projetos nacionais e europeus.
  8. Dinamização de um blogue.
  9. Monitorização e avaliação das atividades.

 

Artigo 11.º
Avaliação 

  1. As estratégias de monitorização do Clube de Línguas organizam-se com base em:
  2. Registo de frequência (número de participantes)
  3. Parâmetros de avaliação de atividades: Participação / Empenho nas atividades/ Criatividade / Originalidade.
  4. A avaliação do Clube de Línguas concretiza-se com:
  5. Preenchimento de um relatório
  6. Preenchimento de um relatório final.

 

Artigo 12.º
Aprovação e divulgação 

  1. O regimento interno e todas as alterações que nele venham a ser introduzidas devem ser aprovadas em reunião convocada pelo Coordenador.
  2. O presente regimento deve constar da ata da reunião que o aprovar e entrará imediatamente em vigor.

Ratificado em 26 de setembro 2018

Anúncios

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: